Amanhã o dia amanhece outra vez

08:33


Na maioria dos dias, ela não se reconhece. Desperta com a melodia irritante do despertador, que está a anunciar que um período de 24 - exclusivas - horas, lhe esperam. Não é fácil lidar, quando a casa está vazia. Quando o peito não tem forças pra transparecer sentimento algum. Quando o corpo já se está cansado de tantas despedidas. Quando o coração e a imaginação, já estão demasiados, apenas vagando, ocupando os ponteiros do relógio sem propósito algum. Ela não é nada do que costumava ser. 

Nunca foi o centro das atenções. Sempre em segundo plano, chamando atenção no fundo desfocado pela sua beleza implicante. Sorriso enigmático, olhos dissimulados, gestos peculiares. Ela é dura consigo mesma. Ela estará destruída e não pedirá ajuda. Não é orgulho, ela só não gosta de mexeriqueiros alheios que querem apenas informações e não, sinceramente, ajudar. Não é fratura exposta, mas quem contraditará que as feridas do coração doam mais do que qualquer outro machucado intimidador. 

O celular vibra em mais um convite pra àquela saída. Consecutivamente. Mais um pedido de quem está preocupado em ver a moça, quase que, sumindo de vista. Não é uma tentativa de afastar todo mundo e, sim, de saber quem sempre esteve perto. De verdade. Às vezes estar cercado de pessoas não significa que realmente se está. Nenhuma embalagem vem completa, é preciso uma porcentagem de ar - desnecessário - pra encher aos olhos e automaticamente se contentar de que aquilo será suficiente. Nunca é. 

Ela ama dançar. Beber duas doses à mais e falar do tempo em metáforas. Ela não é só cores sóbrias, mas também não é espalhafatosa. Pelo menos acha que não. Mal sabe ela, que o sorriso dela, traz uma imensidão. Passar a semana negando a programação do final de semana não a faz uma pessoa reprimida, não a julgue assim. Ela precisa arrumar a bagunça, juntar a sujeira que ainda está de baixo do tapete e deixá-la esvair-se com o vento. Não é frieza. Nem egoísmo. É só um breve momento de reconstrução. Da alma. 

Ela precisa trocar as cores das paredes e descobrir uma nova música preferida. Ela precisa encontrar a sua essência pra receber novos amores. Ela precisa desprender-se de tudo aquilo que já não lhe convém mais. Pra ser feliz. Amanhã o dia amanhece outra vez, a casa estará ajeitada. O coração estará leve. Ela vestirá o seu sorriso de quem não ligará se a chuva vir no fim da tarde, e estará libertamente pronta pra viver um novo dia de 24 - exclusivas - horas. Viver. 

You Might Also Like

12 comentários

  1. Que lindeza de texto gente..fiquei lendo e lendo e imaginando...Parabéns mesmo viu...bjs
    www.btomporfavor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda é você! Obrigada, de verdade ♥

      Excluir
  2. Aiiii como adoro teus textos!!! <3
    Amei
    beijos

    www.garotasenxaqueca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caroool <3
      Fico feliz em saber disso, muito obrigada!
      Beijos :)

      Excluir
  3. Adorei o texto, confesso que me identifiquei em certas partes! Beijos :)
    http://www.adoravelcloset.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduarda, obrigada!
      Que bom que gostou e se identificou! <3

      Excluir
  4. Não posso negar que eu amo a sua forma de se expressar. Esse texto me cativou tanto e fez-me sentir tudo o que você expôs.
    Eu amo o seu blog, amo a sua escrita e amo o que faz. Nunca pare!
    Beijos!
    Escritora por um acaso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso negar que eu amo a sua visita aqui.
      Fico muito grata pelo carinho e que tens gostado do blog!
      Obrigada, viu?!

      Excluir
  5. Muito bom seu texto! Adoro crônicas e vc escreve muito bem!
    Beijos
    http://blogprimeirospassos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida! Muito obrigada, feliz que tenha gostado.
      Beijos! <3

      Excluir
  6. Que post lindoo, super inspirador...nem preciso dizer que amei né?!
    =* Beijos
    www.blogsweetchic.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda! Obrigada, que bom que gostou! <3

      Excluir